3 motivos para internacionalizar seu projeto em Lisboa

//3 motivos para internacionalizar seu projeto em Lisboa

3 motivos para internacionalizar seu projeto em Lisboa

A combinação de qualidade de vida, excelente infraestrutura e baixos custos operacionais contribuiu para um ambiente propício para o desenvolvimento de novas tecnologias e negócios inovadores. É assim, somado a uma série de políticas públicas que amparam o empreendedorismo local, que Lisboa tem se tornado um dos principais polos de startups na Europa. Em 2021, a cidade foi escolhida como destino para mais uma edição do StartOut Brasil.

  1. Multiplicação de centros de empreendedorismo na cidade

A compatibilidade linguística é só uma das diversas vantagens que tem feito com que cada vez mais brasileiros decidam levar suas ideias empreendedoras para Lisboa. Entre elas, podem ser listadas o fácil acesso à União Europeia, a existência de conexões já estabelecidas com o continente africano, a mobilidade urbana e a disponibilidade de voos diários conectando os dois países. Além disso, a proximidade cultural entre Brasil e Portugal facilita a adaptação de produtos e serviços para o ecossistema local.

Nos últimos anos, tem ocorrido uma multiplicação de centros de empreendedorismo e nas redes de investidores locais. Além disso, a prefeitura de Lisboa tem investido em iniciativas públicas de apoio a negócios digitais, como bolsas de pesquisa, programas de aceleração e plataformas de investimento.

  1. Rede de investidores locais

Ainda que o ecossistema de Portugal esteja em desenvolvimento, Lisboa já dispõe de uma expressiva rede de investidores locais. “Nos últimos 5 anos, as startups com sede em Portugal receberam investimentos da ordem de USD 1 bilhão”, diz o chefe do Setor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Embaixada do Brasil em Lisboa (SECTEC), Flávio Elias Riche. Segundo o diplomata, os setores que mais atraíram investimentos foram softwares para empresas, tecnologia da informação, medicina, inteligência artificial e tecnologias para finanças. “Mais de 70% dos investimentos originaram-se de capitais de risco e de bancos de investimento. Atualmente, há quatro unicórnios portugueses (Farfetch, Talkdesk, OutSystems e Feedzai) que, em conjunto, valem mais de USD 30 bilhões”.

Ainda sobre a presença de incentivos financeiros, Flávio cita três dos mais importantes: o Fundo 200M, um matching fund com montante mínimo de €500 mil e máximo de €5 milhões; o StartUP Voucher, que dinamiza o desenvolvimento de projetos empresariais em fase de idealização, promovidos por empreendedores com idade entre 18 e 35 anos; e o StartUP Visa, uma facilitação de visto de residência ou autorização de residência para imigrantes empreendedores.

  1. Sede de um dos principais eventos de empreendedorismo do mundo

Portugal possui cerca de 150 incubadoras e aceleradoras em seu território, boa parte delas concentradas em Lisboa. Segundo Flávio, 60,7% das startups com sede no país, estão em Lisboa. Além disso, a capital portuguesa sedia, anualmente, o WebSummit – o maior evento de tecnologia da Europa.

“A Embaixada brasileira em Portugal, juntamente com a Apex-Brasil, está organizando a participação institucional brasileira no WebSummit, além de outros eventos de interesse para o empreendedorismo brasileiro, como o 3ª Dia da Inovação Brasil-Portugal”, Flávio discorre.

O WebSummit é original de Dublin, capital da Irlanda, e promove eventos anuais internacionalmente. Durante a última edição, a conferência atraiu um público de aproximadamente 70 mil pessoas— o impacto econômico foi estimado em € 300 milhões.

Entre os convidados confirmados a discursar na edição lisbonense de 2021 estão Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal; António Costa, primeiro-ministro de Portugal; José Neves Fundador e CEO da Farfetch, uma plataforma global de moda e Ana Salcedo, Co-fundadora da Zero Waste Lab, associação sem fins lucrativos que trabalha por uma mudança de comportamento na criação e gestão de resíduos.

 

Não perca a oportunidade de expandir seus negócios para Lisboa. Inscreva-se no Ciclo Lisboa 2021!

2021-07-13T08:31:37-03:00