Lisboa 2018-06-05T14:54:18+00:00

Project Description

LISBOA

De 11 a 16 de novembro

O interesse pela descoberta e pela exploração de novos territórios permanece até hoje no DNA português. E agora, a capital de Portugal canalizou esse ímpeto desbravador para se tornar uma das mais competitivas, criativas e inovadoras cidades da Europa. E parece estar conseguindo. Lisboa está emergindo rapidamente no mapa europeu de startups. Diz-se, inclusive, que está seguindo os caminhos da capital alemã e se tornando a ‘Berlim do Sul’.

Baixo custo de moradia e alta qualidade de vida aliados a uma juventude talentosa e uma cultura de empreendedorismo criativo, sem falar da facilidade do idioma, conferem a Lisboa as condições ideais para abrigar startups brasileiras que queiram se aventurar em uma das mais novas cidades tecnológicas da Europa.

Lisboa conta atualmente com cerca de 200 a 300 startups instaladas, 15 incubadoras, 20 programas de aceleração e uma grande comunidade de investidores anjos e de venture capital. Comparado com os ecossistemas de Berlim e Paris, isso pode até parecer pouco, mas o ritmo de evolução do ecossistema vem surpreendendo.

A cidade foi classificada, por estudo apoiado pela Allianz Kulturstiftung, fundação alemã de companhia de seguros, como a quinta comunidade de startups de melhor desempenho na Europa, à frente de vizinhos como Estocolmo e Dublin. Um caso de sucesso em Lisboa é a CrowdProcess, uma ferramenta de P&D usada por bancos para prever empréstimos ruins, que foi considerada a melhor fintech europeia depois de ganhar a competição de pitches da Money 20/20 em 2016.

Um exemplo do empenho português em se tornar referência no ecossistema de startups é o Hub Criativo de Beato, um projeto tocado pela Startup Lisboa e a Câmara Municipal da cidade, que abrigará em 25 prédios distribuídos por 35.000 m² um sem número de incubadoras nacionais e internacionais, aceleradoras, casas de arte e etc.

Assim, não é de se surpreender que o Web Summit, maior conferência de empreendedorismo, tecnologia e inovação da Europa, tenha selecionado a capital portuguesa para sediar seu evento no triênio 2016-2018. A próxima edição do Web Summit, que reúne milhares de participantes à procura de uma oportunidade de negócio, deverá inclusive ocorrer em data próxima à missão de startups brasileiras.