Santiago 2018-12-11T15:00:30+00:00

Project Description

SANTIAGO

De 24 a 29 de de março de 2019

Comece já a sua inscrição para o StartOut Brasil – Ciclo Santiago 2019!

As inscrições vão de 29 de novembro a 7 de janeiro!

Inscreva-se

ATENÇÃO: NOVIDADE PARA O CICLO SANTIAGO

Serão selecionadas até 15 startups que nunca participaram ou participaram de apenas um Ciclo do StartOut Brasil; e até 5 startups classificadas como GRADUADAS, consideradas como aquelas que participaram de dois ou mais Ciclos do StartOut Brasil.

CRONOGRAMA

Inscrições: 29/11/2018 a 07/01/2019 (atenção: o formulário deve ser preenchido em inglês, mas o vídeo e os slides de apresentação da startup poderão ser feitos em inglês OU em espanhol.)

Processo de seleção: 08/01/2019 a 03/02/2019

Resultado final: 04/02/2019

Capacitação e mentoria: 04/02/2019 a 18/03/2019

Workshop presencial: 23/02/2019 (Data e Local a confirmar).

Imersão em Santiago: 24/03/2019 a 29/03/2019

Avaliação e monitoramento de resultados do ciclo: abril/2019 a dezembro/2020

CAPACITAÇÃO E MENTORIA

As startups aprovadas e selecionadas para o Ciclo Santiago passarão por um processo de preparação para a missão que terá duração de um a dois meses e que incluirá as seguintes atividades:

  • Webinar de boas-vindas com a equipe de realizadores do programa e especialistas convidados;
  • Sessões de consultoria com especialistas em expansão internacional;
  • Interação com mentores com experiência no mercado chileno;
  • Acesso à trilha para internacionalização de startups na Plataforma Passaporte para o Mundo da Apex-Brasil;
  • Sessões de treinamento de pitch online;
  • Workshop presencial (warm-up);
  • Sessões de consultoria após o retorno da missão, para suporte e orientação com relação aos próximos passos.

MISSÃO

Durante a missão, os empreendedores terão agenda voltada à prospecção de clientes, parceiros e investidores e à conexão a ambientes de inovação, com acesso a:

  • Workshops com a presença de prestadores de serviços, empreendedores e especialistas de mercado locais;
  • Apoio de matchmaker para a realização de reuniões com potenciais parceiros de negócios;
  • Visitas de imersão ao ecossistema de inovação de Santiago, como aceleradoras, incubadoras, instituições de apoio ao empreendedorismo e empresas locais;
  • Treinamento de pitch internacional presencial.

PÚBLICO-ALVO

Empreendedores brasileiros de negócios tecnológicos, que desejam realizar uma imersão no ecossistema de empreendedorismo Santiago e expandir seus negócios para Chile.

O programa selecionará startups brasileiras já estabelecidas, que estejam faturando (preferencialmente acima dos R$ 500 mil) ou que tenham recebido algum tipo de investimento.

É importante também que as empresas tenham 100% da equipe dedicada ao negócio e que demonstrem capacidade de se expandir internacionalmente sem comprometer suas operações no país.

SANTIAGO

Que tal levar sua startup para o melhor país para se iniciar um negócio na América Latina? Atual líder do Global Entrepreneurship Index – América Latina, o Chile está determinado a se manter no topo do ranking e para isso oferece diversos benefícios para empresas estrangeiras que desejam se instalar no país, além de possuir algumas características que fazem dele a primeira parada de quem quer ser global.

O mercado chileno é competitivo e conta com a presença massiva de grandes multinacionais, o que certamente é um grande desafio e uma amostra do que a sua startup encontrará no processo de internacionalização. Porém, esta é uma grande oportunidade de mostrar todo o seu potencial e, quem sabe, fechar parcerias B2B com grandes players mundiais, carimbando, de vez, seu passaporte para o mundo.

Entre os setores de destaque, podemos citar agroindústria (soluções de tecnologia para produção, monitoramento e distribuição de alimentos), mineração, soluções para serviços bancários e cybersecurity, energia solar, tecnologia e saúde, economia circular (resíduos e reciclagem), sistemas de alertas para catástrofes naturais, sistemas de medição de poluição, serviços de atenção ao cliente, biotecnologia, entre outros.

Segundo estudo do Gust e Fundacity, em 2015 o Chile investiu, por meio de aceleradoras, U$ 15 milhões em 442 startups. Este valor representa quase a metade de tudo que foi investido em startups naquele ano em toda a América Latina.

Além disso, ainda conta com o Start-Up Chile, uma aceleradora criada pelo governo chileno para startups de grande potencial. O Start-Up Chile é uma das melhores aceleradoras da América Latina e do mundo.

Ainda não está convencido de participar do StartOut Brasil – Ciclo Santiago? Aqui vão outros pontos fortes do Chile:

  • Custo de vida mais baixo se comparado com outros hubs no mundo, principalmente na Europa e América do Norte.
  • 15° lugar no índice global de empreendedorismo feminino – Female Entrepreneurship Index (2015).
  • Forte apoio governamental para atração de startups estrangeiras.
  • Santiago possui atualmente entre 500 e 700 startups ativas.

CONTATO

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para contato@startoutbrasil.com.br.