Santiago 2019-04-16T17:47:09+00:00

Project Description

SANTIAGO

De 24 a 29 de de março de 2019

CONFIRA AS STARTUPS SELECIONADAS PARA O CICLO SANTIAGO

No ciclo Santiago foram selecionadas 15 startups que nunca participaram ou participaram de apenas um Ciclo do StartOut Brasil e até 5 startups classificadas como GRADUADAS, consideradas como aquelas que participaram de dois ou mais Ciclos do StartOut Brasil.

Confira as startups selecionadas em cada uma das modalidades.

Ampla concorrência

Ranking Nota Final * Nota Banca Externa Nome da Startup
1 4,88 5,00 TNS Nanotecnologia LTDA
2 4,49 4,50 Geraes Tecnologia Assistiva
3 4,39 4,50 Konduto
4 4,23 4,50 Ubots
5 4,20 4,38 RIO analytics
6 4,20 4,00 I.Systems
7 4,15 4,25 Knewin
8 4,14 4,13 Mogai Technology
9 4,04 4,00 Implanta IT Solutions
10 4,03 4,00 RZ2 Sistemas de Gestão
11 4,01 4,25 GoBots
12 3,84 4,00 Plataforma Verde
13 3,74 4,00 Carefy
14 3,73 3,75 Engage
15 3,68 3,62 Treevia Forest Technologies

Empresas Graduadas

Ranking Nota Final Nome da Startup
1 4,61 Portal Telemedicina LTDA
2 4,49 Labsoft Tecnologia Ltda
3 3,87 Kryptus Segurança da Informação SA
4 3,22 Biosolvit
5 3,16 Aya Tech quimica para tecidos

CRONOGRAMA

Inscrições: 29/11/2018 a 09/01/2019

Processo de seleção: 10/01/2019 a 03/02/2019

Resultado final: 08/02/2019

Capacitação e mentoria: 09/02/2019 a 18/03/2019

Workshop presencial: 22 e 23/02/2019 (Data e Local a confirmar).

Imersão em Santiago: 24/03/2019 a 29/03/2019

Avaliação e monitoramento de resultados do ciclo: abril/2019 a dezembro/2020

CAPACITAÇÃO E MENTORIA

As startups aprovadas e selecionadas para o Ciclo Santiago passarão por um processo de preparação para a missão que terá duração de um a dois meses e que incluirá as seguintes atividades:

  • Webinar de boas-vindas com a equipe de realizadores do programa e especialistas convidados;
  • Sessões de consultoria com especialistas em expansão internacional;
  • Interação com mentores com experiência no mercado chileno;
  • Acesso à trilha para internacionalização de startups na Plataforma Passaporte para o Mundo da Apex-Brasil;
  • Sessões de treinamento de pitch online;
  • Workshop presencial (warm-up);
  • Sessões de consultoria após o retorno da missão, para suporte e orientação com relação aos próximos passos.

MISSÃO

Durante a missão, os empreendedores terão agenda voltada à prospecção de clientes, parceiros e investidores e à conexão a ambientes de inovação, com acesso a:

  • Workshops com a presença de prestadores de serviços, empreendedores e especialistas de mercado locais;
  • Apoio de matchmaker para a realização de reuniões com potenciais parceiros de negócios;
  • Visitas de imersão ao ecossistema de inovação de Santiago, como aceleradoras, incubadoras, instituições de apoio ao empreendedorismo e empresas locais;
  • Treinamento de pitch internacional presencial.

PÚBLICO-ALVO

Empreendedores brasileiros de negócios tecnológicos, que desejam realizar uma imersão no ecossistema de empreendedorismo Santiago e expandir seus negócios para Chile.

O programa selecionará startups brasileiras já estabelecidas, que estejam faturando (preferencialmente acima dos R$ 500 mil) ou que tenham recebido algum tipo de investimento.

É importante também que as empresas tenham 100% da equipe dedicada ao negócio e que demonstrem capacidade de se expandir internacionalmente sem comprometer suas operações no país.

SANTIAGO

Que tal levar sua startup para o melhor país para se iniciar um negócio na América Latina? Atual líder do Global Entrepreneurship Index – América Latina, o Chile está determinado a se manter no topo do ranking e para isso oferece diversos benefícios para empresas estrangeiras que desejam se instalar no país, além de possuir algumas características que fazem dele a primeira parada de quem quer ser global.

O mercado chileno é competitivo e conta com a presença massiva de grandes multinacionais, o que certamente é um grande desafio e uma amostra do que a sua startup encontrará no processo de internacionalização. Porém, esta é uma grande oportunidade de mostrar todo o seu potencial e, quem sabe, fechar parcerias B2B com grandes players mundiais, carimbando, de vez, seu passaporte para o mundo.

Entre os setores de destaque, podemos citar agroindústria (soluções de tecnologia para produção, monitoramento e distribuição de alimentos), mineração, soluções para serviços bancários e cybersecurity, energia solar, tecnologia e saúde, economia circular (resíduos e reciclagem), sistemas de alertas para catástrofes naturais, sistemas de medição de poluição, serviços de atenção ao cliente, biotecnologia, entre outros.

Segundo estudo do Gust e Fundacity, em 2015 o Chile investiu, por meio de aceleradoras, U$ 15 milhões em 442 startups. Este valor representa quase a metade de tudo que foi investido em startups naquele ano em toda a América Latina.

Além disso, ainda conta com o Start-Up Chile, uma aceleradora criada pelo governo chileno para startups de grande potencial. O Start-Up Chile é uma das melhores aceleradoras da América Latina e do mundo.

Ainda não está convencido de participar do StartOut Brasil – Ciclo Santiago? Aqui vão outros pontos fortes do Chile:

  • Custo de vida mais baixo se comparado com outros hubs no mundo, principalmente na Europa e América do Norte.
  • 15° lugar no índice global de empreendedorismo feminino – Female Entrepreneurship Index (2015).
  • Forte apoio governamental para atração de startups estrangeiras.
  • Santiago possui atualmente entre 500 e 700 startups ativas.

CONTATO

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para contato@startoutbrasil.com.br.