FAQ

A participação em todas as atividades do programa (ex.: mentorias individuais e coletivas, seminários, workshop de internacionalização, rodada de serviços, pitch training, consultoria de matchmaker, apresentação para banca de clientes e investidores, techmentorship, entre outras) é gratuita a todos os participantes, com exceção da Consultoria com foco em internacionalização. O custeio das passagens e hospedagem no local destino é por conta do empreendedor. 

Podem participar startups que tenham produto/serviço para comercialização finalizado, MPV ou protótipo, e que já estejam faturando ou que tenham recebido algum tipo de investimento.

As inscrições devem ser realizadas por meio de formulário online disponibilizado no site oficial do programa, onde devem ser apresentadas informações gerais sobre o modelo de negócio, a qualificação da equipe e os objetivos que a startup pretende alcançar com a expansão internacional.

Os projetos serão avaliados em quatro dimensões: Grau de inovação, Mapeamento do mercado de destino, Maturidade para inserção internacional e Equipe.

Sim, é necessário que os empreendedores tenham fluência no idioma inglês.

O programa StartOut é dividido em três etapas: 

– Missão Virtual: é primeira etapa do programa é realizada inteiramente de forma online, com o objetivo de capacitar a startup e orientá-la na prospecção de parceiros de negócios no país de destino. São 40 startups selecionadas que, entre outras atividades, recebem treinamento de pitch internacional, mentorias técnicas e coletivas, e participam de uma agenda de negócios organizada por um matchmaker entre outras atividades.

– Missão de Imersão: as 15 melhores startups da Missão Virtual ingressam nesta etapa, que oferece atividades presenciais e online, com busca aprofundar a capacitação e promover a imersão das empresas no ecossistema de inovação. Os empreendedores participam de missão internacional, em que visitam ambientes de inovação, encontram com alguns dos principais atores do cenário de empreendedorismo inovador do país de destino e, ainda, têm a possibilidade de apresentar presencialmente seus negócios para investidores, possíveis clientes e parceiros.

– Missão Follow-up: etapa de apoio ao landing para as 5 startups que mais se destacaram na imersão. O objetivo é estimular as empresas a planejarem o seu retorno ao mercado e a aprofundarem os relacionamentos e oportunidades de negócios prospectados durante a Missão de Imersão. Nessa etapa, as empresas habilitadas recebem o apoio de serviço de matchmaking para a realização de mais agendas de negócio no país de destino.

Até quarenta (40) startups serão pré-selecionadas para participar da etapa Missão Virtual; destas até quinze (15) empresas serão selecionadas para etapa Missão de Imersão, e posteriormente até cinco (5) startups poderão ser habilitadas para a Missão Follow-up.

O programa oferece atividades online e presenciais, as quais só serão realizadas se houver condições sanitárias e/ou jurídicas propícias.

Há a possibilidade de concessão de passagens aéreas, de ida e volta, para uma pessoa, para as cinco (5) startups com melhor classificação na Missão Virtual, caso haja disponibilidade orçamentária e legal por parte do “Programa de Diplomacia da Inovação” do Ministério de Relações Exteriores. A possibilidade será confirmada no momento da divulgação do resultado da seleção para a Etapa Missão de Imersão.

Sim, desde que cumpra com os requisitos previstos no regulamento.