Missão de Imersão Lisboa 2021: confira como foi a agenda e conheça as startups destaques

A Missão de Imersão do Ciclo Lisboa 2021 do StartOut Brasil não somente representou um importante passo no processo de internacionalização das startups participantes, como também marcou um momento muito especial: o retorno às atividades presenciais.

Nesta etapa,  realizada entre 1º e 10 de novembro, 15 startups  tiveram a oportunidade de participar de uma agenda focada em conexão com atores do ecossistema de startups de Portugal, como potenciais clientes, parceiros e investidores, além da participação no Web Summit, maior evento do mundo focado em tecnologia e inovação, realizado anualmente desde 2009.

Na missão, também foram anunciadas as startups brasileiras destaque do ciclo – Portal de Compras Públicas (melhor startup na avaliação global), NeuralMind (melhor pitch) e Ecotrace (melhor ideia inovadora). Conheça um pouco mais sobre cada uma delas no fim do texto.

Conexão com ecossistema de startups de Portugal

A programação da comitiva brasileira do StartOut na Missão de Imersão teve início no dia 1º de novembro no Atlantic Station, organização portuguesa que realiza a conexão de startups a potenciais clientes e atores do ecossistema de Portugal. Foram realizadas apresentações sobre o mercado português, sobre inovação aberta e sobre o StartUp Portugal, principal programa de apoio ao empreendedorismo inovador local.

Web Summit e Dia da Inovação Brasil – Portugal

Já durante a participação no Web Summit, entre os dias 1º e 4 de novembro, além do acesso às diversas palestras da programação do evento, algumas startups do programa StartOut Brasil contaram com estandes no evento para apresentar suas soluções inovadoras. A conferência reuniu aproximadamente 42 mil participantes e permitiu às startups brasileiras o acesso a diversas oportunidades de negócios. 

No dia 5 de novembro aconteceu o “Dia da Inovação Brasil – Portugal”, evento de networking em parceria com a Embaixada do Brasil em Lisboa e a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira. Além de palestras, foi realizado o Demoday, momento em que as 10 StartOuters selecionadas pelos investidores apresentaram as suas soluções.

Já nos dias 9 e 10 de novembro, os empreendedores tiveram agendas individuais organizadas pelo matchmaker, com potenciais parceiros e investidores portugueses.

Conheça as startups destaque em Lisboa

Portal de Compras Públicas | Melhor startup na avaliação global

A Portal de Compras Públicas é uma Govtech que, a partir de conhecimento, tecnologia e serviço, facilita negociações entre municípios e a iniciativa privada. Seu objetivo é tornar os processos de compras públicas mais acessíveis para os negócios brasileiros de todos os segmentos e portes, e contribuir para uma economia de 28% aos cofres públicos e processos até 76% mais rápidos.

“O StartOut Ciclo Lisboa foi a primeira experiência do gênero do Portal de Compras Públicas. E, tenho que dizer, superou em muito nossas expectativas. O processo de apoio à internacionalização foi muito mais abrangente do que o esperado.

Logo de início, o programa nos ensinou a preparar nosso “pitch deck”, nos apresentando o ecossistema de inovação português e orientando quanto ao processo burocrático envolvido em levar uma empresa para Portugal. Chegou até a orientar questões referentes à tributação! Foi completo! 

Já o trabalho de “matchmaking”, a busca de contatos internacionais relevantes para cada empresa, foi primoroso. No caso do Portal, nos ajudou a falar com as pessoas certas para identificar o caminho das pedras nas questões regulatórias que envolvem nosso negócio. Economizamos, certamente, meses de trabalho caso fôssemos procurar esses caminhos por conta própria e por tentativa e erro.

Na Missão de Imersão, as conexões realizadas tanto no Web Summit quanto ao longo do resto do processo ganharam uma dinâmica muito favorável. Afinal, buscar conversar com empresas e entidades públicas tendo já passado por um crivo tão rigoroso quanto o da APEX foi um enorme impulsionador de interesse.

Finalmente, ser reconhecido como melhor startup do Demoday, coroando nossa participação no processo foi uma experiência indescritível. Ver anos de trabalho árduo e focado serem reconhecidos como relevantes não teve preço. Vai ficar pra vida.” diz Leonardo Cesar de Carvalho, CEO e founder da startup.

 

NeuralMind | Melhor pitch

A NeuralMind é especialista em gestão de risco, melhorando a eficiência operacional e mitigando riscos e erros em transações com clientes e fornecedores, com os mais recentes avanços da inteligência artificial.

“Participar da Missão de Imersão do StartOut Lisboa foi muito interessante porque o Web Summit é o maior evento de tecnologia do mundo. Cerca de 50 mil pessoas estavam lá, e também marcou a abertura das atividades pós-pandemia. O programa foi excelente para nos ajudar com conexões com outras startups, investidores e potenciais interessados na nossa tecnologia. 

Ter conquistado o destaque de melhor pitch foi um grande reconhecimento para mim. Tinham apenas três mulheres dentre as empresas que estavam concorrendo  e uma delas ter sido escolhida mostra a força do empreendedorismo feminino, que estamos comemorando este mês. As mulheres estão também se apropriando de uma veia empreendedora muito grande e podem também empreender em tecnologia, não só em varejo e comércio. Essa é uma grande mostra de que temos muita tecnologia de ponta no Brasil premiada no exterior, além de muitas empreendedoras talentosas”, comemora Patrícia Tavares Magalhães de Toledo, CEO da startup. 

 

Ecotrace | Melhor ideia inovadora

Plataforma baseada em Blockchain de rastreabilidade de commodities de ponta-a-ponta, a Ecotrace é uma agrotech que utiliza a tecnologia para garantir mais segurança, transparência, confiança e, consequentemente, sustentabilidade às cadeias atendidas. Além da garantia de origem, auxilia a tornar os processos 100% auditáveis e a evitar que as empresas atendidas tenham suas marcas associadas a problemas socioambientais.

“Nossa participação no StartOut foi muito gratificante, do começo ao fim. O programa nos preparou e capacitou desde o início para o que encontramos na etapa presencial em Lisboa: nos mostrou como é o ecossistema, como se dão as relações comerciais e demonstrou qual a aderência do mercado para nosso produto. O matchmaking foi conduzido muito bem pelo Tourinho, da Atlantic Hub. Ainda na fase online, ele já marcava diversas reuniões com potenciais clientes e investidores. 

Tudo isso culminou no Web Summit, onde tivemos um estande que nos rendeu muitas oportunidades de negócios. Voltamos ao Brasil com vários  contatos e nos organizando para convertê-los em parcerias reais.  

Depois do evento, ainda tivemos a oportunidade de apresentar nossa startup no Demoday e ganhamos como melhor ideia inovadora. Este prêmio nos mostrou que estamos realmente no caminho certo. Empreender é difícil, às vezes dá vontade de desistir. Mas este reconhecimento mostrou que entregamos, de fato, valor para o mercado”, finaliza Maria Paula Castro, head de inovação na Ecotrace.

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência!