Não erre na apresentação do seu pitch

Convencer um venture capital, investidor anjo, private equity, crowdfunding ou até mesmo uma incubadora a fornecer o dinheiro necessário para alavancar uma startup exige preparação e profundo conhecimento sobre o seu negócio, mercado e potenciais clientes.

Contudo, também é necessário que a apresentação esteja clara, concisa e bem estruturada, como você pode conferir no texto anterior. Visando a ajudar o empreendedor a não sair da reunião com uma resposta negativa, Roberto Machado, Investidor Anjo e Co-Founder & Managing Partner da MarketFit, plataforma de aceleração que oferece Estratégias de Captação de Recursos para startups que buscam se inserir nos EUA, e que atuou na capacitação das startups dos ciclos Miami e Lisboa do StartOut Brasil, listou os erros mais comuns realizados por quem está solicitando um aporte:

  1. Criar história 

    Se você não tiver uma história convincente para contar, não crie uma para comover o investidor. Fale sobre o estágio atual da sua startup e sobre o produto ou serviço que você oferece;

  2. Exagerar nos detalhes 

    Textos muito grandes fazem com que o espectador disperse da sua apresentação. Por isso, utilize os slides apenas como apoio e ilustração do que você estiver falando;

  3. Não deixar claro qual é o problema 

    Tentar resolver muitos problemas ou um que não tem tanta urgência é algo que enfraquece a sua apresentação. Mostre como o seu produto/serviço irá solucionar a questão que você citou e certifique-se de que as pessoas entendam e se sensibilizem com isso;

  4. Não deixar claro o que a empresa faz ou explicar isso muito tarde

    Qualquer um que estiver assistindo deverá entender o que a empresa faz no slide dois ou, no máximo, no três. Assegure que o seu produto ou serviço foi explicado;

  5. Assumir que o público sabe sobre o que você está falando 

    Se você está inserido em um setor técnico, tente explicar da maneira mais básica e simples possível. A pessoa que está te assistindo pode não entender do setor que você atua e ficará com dúvidas se seu pitch utilizar muitos termos específicos;

  6. Falta de informações sobre a equipe 

    É importante ter uma equipe por traz do seu negócio. Mostre por quem ela é composta, o papel que exercem dentro da startup e as experiências de cada um.

Agora que você já sabe o que não fazer, construa sua apresentação e vá em busca do investimento que precisa!

Leia também: StartOut Brasil anuncia destinos de 2019

2019-01-25T15:09:24+00:00