Por que startups precisam ter uma equipe focada em internacionalização?

A internacionalização de uma startup envolve inúmeros desafios. Porém, quando se tem uma equipe focada no processo de expansão para o exterior, é mais fácil de superar esses obstáculos e garantir que a empresa não tenha uma boa aceitação no novo mercado ou até mesmo que se afunde em dívidas.

Mas isso não quer dizer que as pessoas que ficarem com essa responsabilidade terão um trabalho fácil. Muito pelo contrário! Em primeiro lugar, elas deverão ter em mente qual o objetivo da internacionalização, que pode variar desde a abertura de um escritório no mercado explorado até o estabelecimento de uma parceria comercial, captação de investimentos e/ou participação em programas de aceleração.

Tendo esse ponto definido, é preciso estudar sobre o local de destino e coletar os dados e tendências do mercado estrangeiro. Para isso, o grupo incumbido da abertura de operação fora do Brasil deverá conversar empreendedores locais, empreendedores que lá atuam, prospectar parceiros no exterior, pesquisar a legislação e os procedimentos do país de destino e averiguar as questões tributárias.

É importante que essa equipe também faça uma imersão no local em que pretende se inserir para verificar a possibilidade de estabelecimento de uma sede ou até mesmo para entender a cultura do país e, assim, validar se a região está aberta a inserção da solução ou se é melhor procurar um outro lugar para começar a se internacionalizar.

Mesmo que todo esse processo seja realizado conforme o planejado, é preciso lembrar que sempre existe o fator da imprevisibilidade. Apesar de tudo estar a favor da startup na etapa de reconhecimento e landing, é possível que a implantação do produto ou serviço no mercado externo demore para demonstrar resultados.

A empresa deve estar preparada para realizar um alto investimento mesmo sem garantias de resultados a curto prazo. Por isso, o StartOut Brasil recomenda que, antes de se internacionalizar, o empreendimento possua uma equipe 100% dedicada ao negócio e que demonstre capacidade de expansão sem comprometimento das operações nacionais.

2019-11-25T16:10:44+00:00