Qual é o melhor momento para internacionalizar a sua startup?

Quando falamos em startups, algumas dúvidas rondam os empreendedores. Uma delas é: “Minha empresa está preparada para passar pelo processo de internacionalização?”.

Não existe uma data pré-definida para estabelecer negócios no exterior, mas alguns cuidados devem ser tomados para que esse sonho não se torne um pesadelo.

Muitos empreendedores acreditam que, no momento em que a empresa atinge estabilidade no mercado brasileiro, ela já está pronta para atuar internacionalmente. Mas isso não basta para que o sucesso do negócio esteja garantido em outro país.

Prós e contras

Antes de iniciar o processo de internacionalização, é recomendável fazer uma análise criteriosa dos prós e contras que essa ação poderá gerar. Além disso, o empresário deve ter em mente que este procedimento é complicado e exige um grande investimento.

Grau de maturidade

Também é preciso levar em conta a maturidade do negócio para inserção internacional, o grau de inovação e a preparação da equipe para atuar com um novo público. É fundamental realizar um mapeamento de mercado para averiguar se a empresa tem aderência com o lugar e se adaptações deverão ser feitas para que o produto ou serviço seja bem aceito no país.

Cultura local

Outro fator que é de extrema importância e que pode fazer com que a startup feche as portas e volte a atuar apenas no seu país de origem é a sua adaptação a cultura local. Ela que irá determinar a linguagem e maneira de agir frente a clientes e fornecedores.

Saber as leis e costumes da região é de grande valia, tendo em vista que alguns lugares contam com regras rígidas e excesso de burocracia. Por isso, conheça as taxas e tarifas que deverão ser pagas ao governo e mantenha a documentação necessária em dia.

Mercado

E não se esqueça dos concorrentes globais! Entenda o que eles fazem para poder se diferenciar e conquistar seus próprios clientes. Eles serão a base para que você estabeleça os custos do seu produto ou serviço e tornarão a sua marca mais competitiva.

Mas se você já checou todos esses pontos, está pronto para levar sua startup para atuar no exterior. Boa sorte!

2019-04-22T16:21:19+00:00